Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crise afectou o país, mas sem comprometer projectos – primeira ministra

A crise financeira internacional levou ao adiamento de investimentos privados directos estrangeiros em Moçambique, mas não comprometeu os projectos correntes que dependem dos parceiros de cooperação, segundo a primeira-ministra moçambicana, Luísa Diogo.

Apesar dos constrangimentos que alguns parceiros de cooperação enfrentam nos seus países, estes “têm confirmado e reiterado” a posição de “manter as suas promessas e continuar a garantir os desembolsos nos termos acordados”, disse Luísa Diogo, durante uma entrevista, a margem da cerimónia de apresentação do estudo das “100 maiores empresas de Moçambique”, da KPMG.

A crise financeira afecta todas as economias do mundo e Moçambique não conseguiria ser “especial” e ficar de fora, mas os efeitos são sobretudo de “transmissão”, referiu a primeira-ministra. Ela apontou que o adiamento da realização de alguns projectos de investimento privado directo estrangeiro, a redução de postos de trabalho em alguns empreendimentos de maior vulto em curso no país são algumas das repercussões, além da redução do preço das exportações, do volume de remessas dos emigrantes e do fluxo de turistas para o país.

Mas o Governo “está atento”, garantiu Luísa Diogo, explicando que o Executivo criou um grupo para avaliar efeitos e perspectivar medidas de mitigação e tomou medidas imediatas como “a identificação de potenciais sectores em que o país tenha vantagens comparativas e de novos mercados para produtos nacionais, a racionalização da despesa pública”.

Numa medida destinada sobretudo a mitigar os efeitos nas Pequenas e Médias Empresas, através do Banco Central, o Governo promoveu a redução das taxas de juro, com a descida da facilidade permanente de cedência de liquidez para as instituições bancárias para 8,5 porcento, contra os anteriores 12 porcento, referiu ainda a governante.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!