Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crescem protestos no Afeganistão por possível fraude em eleições

Os manifestantes em apoio a decisão do candidato a presidente do Afeganistão Abdullah Abdullah de deixar o processo eleitoral reuniram-se em diversas cidades, este domingo (22), no meio da crescente tensão que envolve as acusações de fraude massiva na votação.

Abdullah ignorou até o momento os pedidos das Nações Unidas e do governo afegão para retornar ao processo eleitoral, depois de retirar a sua candidatura no início da semana declarando que qualquer resultado seria ilegal.

O segundo dia de protestos ocorreram apesar dos pedidos de calma das autoridades afegãs e das Nações Unidas, intensificando preocupações de uma luta pelo poder entre linhas étnicas e lançando dúvidas sobre a tentativa do Afeganistão de transferir o poder democraticamente pela primeira vez na sua história.

As eleições ocorrem enquanto a maioria das tropas estrangeiras planeiam deixar o Afeganistão até o final do ano. Abdullah pede uma investigação sobre fraude eleitoral e a demissão do chefe da Comissão Eleitoral Independente (CEI) Zia-ul-Haq Amarkhil.

Várias centenas de seus partidários protestaram em frente ao palácio presidencial, enquanto outros reuniram-se e interromperam o tráfego pelo segundo dia consecutivo na principal estrada que leva ao aeroporto internacional.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!