Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Corpo da vítima do naufrágio do batelão Cuácua foi encontrado

O corpo da vítima mortal do naufrágio do batelão Cuácua, que fazia a travessia Quelimane-Inhassunge, foi encontrado, dez dias depois.

Fontes próximas à Administração Marítima, delegação de Quelimane, afiançaram que o corpo do então chefe das máquinas no batelão Cuácua estava já em estado de decomposição.

Para as exéquias fúnebres daquele homem, o Conselho Municipal de Quelimane tomou conta e, as 11horas da Terca-feira, o corpo foi depositado no cemitério da Saudade, na cidade de Quelimane.

Ainda de acordo com as mesmas fontes, o corpo foi encontrado na rampa da travessia onde o Cuácua atracava. Isso porque, segundo ainda esses informadores, durante o processo de remoção do batelão para a Doca Seca, o corpo terá saído do batelão e como era noite ninguém conseguiu descobrir e só depois de dez dias é que viu-se o corpo já a flutuar.

Cuácua ainda debaixo da água

Até esta Quarta-feira, o governo da Zambézia não tinha ainda capacidades para voltar a colocar o batelão Cuácua no seu estado normal.

O batelão ainda continua debaixo das águas dos Bons Sinais e não se vislumbram perspectivas promissoras aquela embarcação voltrl a navegar. Tudo, ao nível local, foi feito, mas sem sucesso.

A população volta ao martírio

Enquanto o Cuácua não volta a navegar, as pequenas embarcações vão esfregando as mãos e os proprietários das mesmas nem sequer se importam com os riscos dos seus passageiros.

Neste momento, a travessia entre Quelimane-Inhassunge é assegurada pelos pequenos barcos que não oferecem segurança.

Mas como não há alternativas e a população precisa de se deslocar dum ponto para o outro, os riscos são postos de lado. Vive-se um verdadeiro salve-se quem puder.

Aliás, alguns dizem que não há diferença entre morrer na água e morrer na terra porque tudo é morte, por isso, uma vez que têm os seus empregos na outra margem arriscam.

Recorde-se que de Quelimane para Inhassunge não se pode ir por via terrestre, tudo depende do rio dos Bons Sinais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!