Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Coreia do Sul apoia modernização do Instituto Industrial da Matola

A Agência Coreana de Cooperação Internacional (KOICA) e o Ministério da Educação (MINED), assinaram, Sexta-feira, em Maputo, uma Acta de Discussões sobre a implementação do Projecto de Reforço das Capacidades do Instituto Industrial e Comercial da Matola, orçado em 6,5 milhões de dólares norte-americanos.

O projecto, que terá a duração de três anos (2013-2015), prevê a modernização das instalações, capacitação de professores e gestores, consultoria técnica em políticas de formação profissional, bem como treinamento e manutenção sustentável do Instituto Industrial e Comercial da Matola.

A Acta, dando corpo a esta iniciativa, foi assinada pelo representante residente da KOICA em Moçambique, Cho Byung Sun, e pela Secretária Permanente do Ministério da Educação, Maria de Fátima Zacarias.

Um comunicado da KOIKA, segundo a AIM, avança que a iniciativa tem como objectivo desenvolver os recursos humanos através de um pacote abrangente de projectos de apoio e, reduzir a elevada taxa de desemprego dos jovens, proporcionando aos formandos um melhor ambiente de formação técnica e oportunidades de adquirir as competências exigidas no mercado de trabalho.

Segundo o documento, a KOICA vai providenciar equipamento proveniente da Coreia do Sul para as especialidades de reparação de automóveis, canalização, soldadura e tecnologias de informação.

Prevê-se também, no âmbito deste projecto, convidar gestores, formuladores de políticas de formação profissional e professores moçambicanos para a Coreia do Sul, para serem capacitados e se inteirarem do funcionamento do sistema de formação profissional do Governo coreano.

Numa altura em que o Governo moçambicano implementa programas visando reformar a educação profissional por forma a adequá-la às necessidades actuais do mercado laboral, espera-se que este projecto contribua para os esforços nesse sentido, proporcionando uma formação baseada em competências que permita aos cidadãos maiores oportunidades de emprego.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!