Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Construídas cinco novas subestações eléctricas entre Tete e Maputo

Cinco novas subestações eléctricas deverão ser construídas ao longo dos cerca de 1400 quilómetros da linha eléctrica ligando Tete (Centro de Moçambique) e a cidade do Maputo, no Sul do país, empreendimento cujas obras deverão arrancar em 2014 e avaliadas em cerca de 1,6 bilião de dólares norteamericanos.

O arranque das mesmas surge depois do aval resultante de um estudo sobre o impacto ambiental e social do empreendimento feito por uma empresa nacional de consultoria e auditoria e duas outras estrangeiras que concluíram ser “viável” a edificação daquele projecto “por ser possível evitar, mitigar ou compensar os seus impactos biofísicos e socioeconómicos negativos, desde que sejam seguidas leis e regulamentos nacionais e padrões internacionais”.

A ligação Tete/Maputo comporta a construção de uma linha de corrente eléctrica contínua aérea de alta tensão de 800 quilowatts e uma outra de corrente alternada de 400 quilowatts, segundo dados da empresa pública Electricidade de Moçambique (EDM), acrescentando que a ligação vai contemplar trabalhos de ampliação das subestações de Maputo e Matambo, esta última em Tete.

Por outro lado, as cinco referidas novas subestações de electricidade estarão localizadas nas regiões de Cataxa e Matambo, em Tete, Inchope (Manica), Vilankulo (Inhambane), Chibuto (Gaza), Moamba e Maputo, na província do Maputo, de acordo igualmente com a EDM, debruçando-se ainda sobre a concretização do projecto de interligação da Rede Nacional de Energia Centro-Sul (CE-SUL).

A viabilização do projecto insere-se nos esforços visando reestruturar e reforçar o sistema de transporte de energia eléctrica de alta tensão, acelerar os programas de electrificação rural e peri-urbana, para além de responder à procura da corrente eléctrica por mais unidades produtivas espalhadas pelas regiões Centro e Sul de Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!