Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Confronto entre rebeldes e soldados da UA deixa 11 mortos na Somália

Pelo menos 11 civis morreram esta quarta-feira em Mogadiscio durante um confronto entre rebeldes islâmicos e soldados da Força de paz da União Africana na Somália (Amisom), relataram testemunhas à AFP. De acordo com uma fonte local, o confronto começou no início da tarde, após um disparo de morteio contra a base principal da Amisom, ao lado do aeroporto.

Um obus caiu às 14H45 perto do quartel-general do comando da força, destacou a fonte, sem mencionar vítimas. A Amisom reagiu pouco depois, com disparos de artilharia contra o bairro de Bakara, reduto de insurgentes do sudoeste da cidade. “Vi cinco civis mortos na explosão de um obus perto de uma estação de ônibus. Também havia vários feridos”, contou um morador, Abdifatah Mohamed.

No mesmo bairro, outras quatro pessoas, entre elas duas mulheres, morreram quando um obus caiu sobre uma loja, frisou outra testemunha, Mohamed Aden Yare. Segundo fontes médicas do hospital de Medina, o maior de Mogadiscio, mais de 20 pessoas feridas neste confronto foram internadas, e duas delas morreram pouco depois de dar entrada no hospital.

O confronto ocorreu num momento em que o governo de transição (TFG), apoiado pela Amisom, se prepara para lançar uma grande ofensiva contra os shebab (rebeldes islâmicos) em Mogadiscio. Centenas de combatentes islâmicos chegaram à capital nas últimas 24 horas para reforçar o contingente dos rebeldes na perspectiva desta batalha. Muitas famílias já começaram a fugir.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!