Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Comunidades estrangeiras em Nampula apoiam as vítimas das enxurradas

As comunidades tanzaniana, maliana, senegalesa, somaliana, guineense e nigeriana na cidade de Nampula ofereceram diversos bens alimentares, vestuários, material didático, dentre outros, em apoio às vítimas das cheias nesta parcela do país. Os produtos foram apresentados aos órgãos de informação pelo gabinete do esposo da governadora, esta quarta-feira (13).

Abdirizak Mohamed Artam, da comunidade somaliana, disse que o donativo é uma retribuição do apoio que o Governo moçambicano dá aos estrangeiros, alguns dos quais se encontram no país fugindo de conflitos políticos e sociais nos seus países de origem.

O representante da comunidade nigeriana, Inocent Okoro, afirmou que os africanos são todos irmãos, por isso, devem ajudar uns aos outros. “Somos todos iguais e ninguém escolhe passar por situações idênticas às dos moçambicanos afectados pelas cheias.”

O esposo da governadora de Nampula, Luís Oliveira, disse que o seu gabinete enfrenta problemas de exiguidade de fundos para desenvolver actividades de apoio social aos compatriotas carenciados. Entretanto, os agentes económicos são os parceiros estratégicos e a oferta das comunidades estrangeiras demonstra um acto de solidariedade.

Segundo ele, os bens serão oferecidos a 50 famílias que vivem em situação difícil na cidade de Nampula e igual número no distrito de Nacala-a-Velha e Mossuril.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!