Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Comunidade de Santo Egídio oferece alimentos às vítimas das cheias em Chókwé

Comunidade de Santo Egídio ofereceu, esta quarta-feira (20), diversos fardos de roupa, mais de oito toneladas de arroz, açucar, amendoim, farinha de milho e 1.500 litros de óleo alimentar, dentre outros produtos, ao Hospital Carmelo de Chókwé, na província de Gaza, Sul de Moçambique, em apoio às vítimas das cheias do Centro de Saúde de Chaluequane.

“Chegamos a ter 1.000 consultas por dia de pacientes de padecem de malária, diarreia e outras doenças relacionadas com precárias condições sanitárias”, disse a irmã Maria Elisa, responsável do Hospital do Carmelo, segundo refere um comunicado de Imprensa enviado ao @Verdade.

“Normalmente, são 400 as consultas diárias de pessoas vivendo com HIV/Sida que atendemos no nosso hospital, no âmbito do programa DREAM da Comunidade de Santo Egídio”, acrescentou a fonte.

Aquele hospital ficou alagado durante as cheias que fustigaram a província de Gaza, mas as freiras rapidamente conseguiram restabelecer o atendimento.

“Não damos comida à população em geral porque não temos condições, mas todas as pessoas em tratamento antirretroviral, as mulheres grávidas no programa de prevenção vertical, assim como as crianças em tratamento, recebem alimentos e roupa no nosso centro”, contou a irmã Maria Elisa.

A freira referiu ainda que “continuamos sobrecarregadas de trabalho uma vez que para além dos pacientes em tratamento que diariamente são atendidos no nosso centro, acolhemos e atendemos também as pessoas que não sabem onde ir por causa da fome”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!