Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Combate a pobreza continuará a ser prioridade do Governo: Guebuza

O Presidente da República, Armando Guebuza, reiterou, segunda-feira, que o combate a pobreza continua a ser o principal desafio do governo de Moçambique e apelou o envolvimento de todos os segmentos sociais no combate a este mal.

Guebuza, que falava no distrito Municipal de Katembe, por ocasião da sua visita à Cidade de Maputo enquadrada na sua Presidência Aberta e Inclusiva, manifestou a convicção de que a luta contra a pobreza no país vai ser ganha, sendo, contudo, necessário “paciência”.

Neste contexto, o estadista moçambicano criticou todos aqueles que, manifestando a sua impaciência, desacreditam os esforços em curso rumo a vitória contra a pobreza.

“Neste processo de combate a pobreza há impacientes. Esquecem que, em qualquer desafio, a paciência é fundamental”, afirmou Guebuza reiterando que a luta contra este mal esta sendo ganha. “Nós sabemos que há dificuldades neste processo, mas temos a certeza de que vamos vencer”, sublinhou.

Aliás, o presidente moçambicano vincou que, ao longo dos últimos anos, o país tem vindo a reverter a situação da pobreza. “Temos provas disso. Mesmo aqui em Ka Tembe há vários exemplos nesse sentido. Ate há algum tempo existiam muito poucas escolas, mas hoje há mais escolas que leccionam vários níveis. Cada vez mais há fontes de água”, afirmou o estadista moçambicano, reconhecendo, porém, a necessidade de se continuar a trabalhar em todos os sectores de actividade para garantir mais serviços a população.

Durante o comício, Guebuza instou a população daquele distrito municipal no sentido de colocar, no rol das prioridades, a formação do Homem, através do seu envolvimento no ensino aprendizagem a todos os níveis, porque, segundo ele, “a formação do Homem é fundamental para acelerar o combate a pobreza”.

“É nas escolas onde se aprende a produzir melhor, a resolver vários problemas da vida sócio-económica e, deste modo, a escola é o lugar onde aprendemos a combater a pobreza”, disse Guebuza.

Vias de acesso, desemprego e conflito de terras preocupam a população de Ka Tembe

Como tem sido hábito, o presidente Guebuza auscultou as preocupações da população daquela parcela da cidade de Maputo, tendo, para o efeito, solicitado dez pessoas.

Na ocasião, os populares queixaramse da degradação das vias de acesso e da ineficiência do sistema de transportes de passageiros como algumas das inquietações que afectam o distrito municipal. Alguns dos oradores apontaram igualmente o conflito de terras como um dos fenómenos que já está a preocupar algumas famílias.

O problema surge devido ao anúncio do projecto de construção de uma ponte que ligará o centro da cidade de Maputo e aquele distrito municipal, que acabou desencadeando uma verdadeira corrida as terras naquela zona.

Outra preocupação apresentada pela população tem a ver com “a má actuação de alguns agentes da Polícia da República de Moçambique (PRM) naquela região.

Segundo Mateus Cuna, residente naquele distrito, no desempenho das suas tarefas, os agentes da PRM fazem chantagem para extorquir dinheiro e bens, sobretudo dos cidadãos que vivem e trabalham na vizinha África do Sul.

“Os nossos filhos têm medo de vir passar a quadra festiva junto dos seus parentes, porque, os agentes da polícia, quando os encontram, arrancam o dinheiro e outros bens, usando truques”, disse Cuna, que mais tarde foi secundado por uma das pessoas que falaram no comício.

Respondendo a estas e outras denúncias, Guebuza disse ter registado, pelo que serão analisadas, caso a caso, e, na devida altura, terão o seu devido tratamento.

Ainda segunda-feira, Guebuza visitou a escola secundária local onde plantou árvores de fruta e de sombra, actividade feita também pelos membros do governo que integram a sua comitiva. Guebuza visitou ainda o centro de processamento de produtos pesqueiros e um complexo do sector hoteleiro, antes de orientar a sessão extraordinária do Conselho Consultivo Distrital.

Terça-feira, Guebuza prossegue a sua presidência aberta, iniciada Domingo, escalando o distrito municipal Ka-Mavota, na capital moçambicana.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!