Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Com assinatura do memorando com a WaterAid Quelimane vai encaixar cerca de 3 milhões de meticais por ano

Mais de Dois Milhões de meticais serão disponibilizados pela Organização Não Governamental WaterAid, nos próximos quatro anos ao município de Quelimane, província da Zambézia.

O valor será canalizado directamente às Organizações Comunitárias de Base (OCBs), ao nível do município para ser usado em projectos concretos de melhoria no abastecimento de água, saneamento do meio entre outras actividades ligadas à higiene colectiva nos bairros de Manhaua, 7 de Abril, Micajune e Icidua, respectivamente, tidos como pilotos neste projecto.

Esta Quarta-feira, o Conselho Municipal de Quelimane (CMQ), representado pelo respectivo presidente, Manuel de Araújo, e a Directora Nacional da WaterAid, Rosária Mabica, rubricaram um memorando de entendimento visando apoios de vária ordem.

No memorando assinado, Quarta-feira, a WaterAid compromete-se em capacitar a direcção de água e saneamento do meio no CMQ, por forma a potenciar aquela equipa na planificação, gestão e monitoria de actividades ligadas a área de água e saneamento do meio, o que envolve a questão de drenagem das zonas urbanas e peri-urbanas ao nível da autarquia de Quelimane.

E não só, ficou claro de que as OCBs existentes nos bairros acima mencionados, vão ter a oportunidade ou seja, serão munidas de conhecimentos em planificar melhor as suas actividades, tudo no âmbito de higiene, água e saneamento do meio.

Ainda no âmbito deste acordo de entendimento, rubricado entre o Conselho Municipal de Quelimane e a WaterAid, espera-se que, com as acções que serão desenvolvidas nas comunidades e sobretudo com as OCBs, a incidência da cólera e de doenças diarreicas seja reduzida ao nível do município de Quelimane, sabido que a cólera é uma doença que não deixa o município de Quelimane em paz.

Aqui, importa referir que devidas as acções coordenadas, ano findo, a cidade de Quelimane não registou nenhum caso de cólera.

Dinheiro, mais dinheiro para o município

A WaterAid já trabalha na Zambézia há anos e o seu enfoque principal é a melhoria do abastecimento de água e higiene nas comunidades. E Quelimane faz parte do seu foco nas suas actividades, dai que este memorando não vem ao acaso.

E no âmbito do seu projecto denominado “Quelimane Urban”, aquela organização, e depois de assinado este memorando de entendimento com a edilidade, não piscou olhos.

Durante este ano até o próximo, o município vai encaixar cerca de Três Milhões de meticais, valor destinado às actividades planificadas no Plano do Projecto para este primeiro ano que já foram aprovados por aquela organização não governamental.

Este projecto terá a duração de 4 anos e as partes entenderam-se como é que as coisas devem ser feitas para que a gestão dos fundos seja transparente.

Refira-se que a WaterAid foi estabelecida em 1981 e dedica-se exclusivamente à melhoria do acesso das pessoas pobres à água potável, ao saneamento e à higiene nos países em desenvolvimento.

E nos últimos 30 anos, aquela ONG alcançou cerca de 15 milhões de pessoas em África, na Ásia e na região do Pacífico através do trabalho com organizações parceiras locais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!