Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão detido em Nampula por falsa identidade e posse ilegal de arma de fogo

Um jovem de 29 anos de idade, de nome Alito Jorge, está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), desde a semana passada, na província de Nampula, Norte de Moçambique, indiciado de posse ilegal de arma de fogo e falsa identidade.

Segundo o porta-voz do Comando da PRM em Nampula, Inácio Dina, Alito Jorge fazia-se passar por agente da Polícia. Foi detido na Unidade Comunal de Inlipisse, no bairro de Muhala. Ele prendeu um vendedor no mercado de Naloco alegadamente porque sabia algo sobre o desaparecimento de um contentor de ferros de construção civil.

Ameaçou levá-lo à esquadra mais próxima, mas durante o percurso exigiu 2.000 meticais como a única condição para libertá-lo. A vítima recusou e optou por ir preso.

Perante a recusa daquele vendedor, o suposto agente da Lei e Ordem por saber que de nenhuma forma podia chegar à esquadra e apresentar o cidadão que acabava de algemar como gatuno, preferiu empreendeu uma fuga.

Porém, caiu nas mãos de populares. No lugar do vendedor, ele é que foi levado para a esquadra, onde confessou que tinha a arma desde Outubro do ano passado.

Ainda na semana passada, a PRM em Nampula registou 12 crimes, contra 16 de igual período do ano passado, e 17 indivíduos foram detidos. Deles, cinco elementos são acusados de roubo de viaturas no troço entre o distrito de Nacarôa e o rio Mecuburi.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!