Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chuvas mantém alto nível das bacias hidrográficas do Centro de Moçambique

A precipitação que tem estado a ser registada no Centro e Sul de Moçambique poderá originar “inundações urbanas isoladas nas cidades de Maputo, Matola, Xai-Xai e Beira”. Na bacia do Búzi, prevê-se subida de nível em Goonda, a travessia através do batelão entre Guara-Guara e Bandua continua condicionada enquanto na bacia do Save prevê-se a subida de nível nas estações de Massangena e V.F. Save.

De acordo com o boletim hidrológico nacional, na sequência da chuva registada nas últimas 24 horas, “a bacia do Limpopo em Combomune mantém o nível hidrométrico acima do alerta, entretanto, a tendência é de baixar”.

“Na região Centro, a bacia do Buzi na sub-bacia do rio Lucite em Dombe mantém-se em alerta com tendência a baixar, enquanto a estação de Goonda, à jusante, regista níveis com tendência a subir. Na bacia do Púngoè em Púngoè – Sul, o nível hidrométrico mantém-se acima do nível de alerta com tendência a baixar”.

Ademais, “as bacias do Save e Zambeze continuam a registar oscilações de níveis com tendência a subir, mantendo-se a baixo do alerta. Na região Norte, as bacias do Ligonha, Lúrio e Montepuêz registam níveis oscilatórios com ligeira tendência a subir, devido a chuvas locais”.

O documento diário emitido pelo Ministério das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos prevê para as próximas 72 horas, continuação da subida do nível em Gorongosa e Mafambisse.

“Para a bacia do Búzi, prevê-se subida de nível em Goonda. A travessia através do batelão entre Guara-Guara e Bandua manter-se-à condicionada. Para a bacia do Save prevê-se a subida de nível nas estações de Massangena e V.F. Save. A bacia do Limpopo em Combomune, o nível poderá manter-se em alerta com tendência a baixar”, indica o boletim.

“Na estação de Chókwè espera-se subida do nível, podendo aproximar-se do alerta, sem impactos significativos. As bacias do Zambeze, Licungo, Ligonha, Lúrio e Meluli, oscilação dos níveis hidrométricos com tendência a subir, sem impactos significativos”, refere o documento que estamos a citar que prevê ainda “a prevalência do risco de inundações urbanas isoladas nas cidades de Maputo, Matola, Xai-Xai e Beira”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!