Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chidenguele passa a ser o 2º maior centro de canoagem de África

O posto administrativo de Chidenguele, na província meridional de Gaza, deverá tornar-se no segundo maior centro de canoagem do continente africano, depois da África do Sul, quando forem concluídas obras de montagem da pista olímpica para acolher jogos da modalidade a decorrerem naquela região, no âmbito da realização dos X Jogos Africanos Maputo 2011 marcados para 3 a 18 de Setembro de 2011.

No final dos jogos, a região será “destino obrigatório” de várias selecções nacionais de canoagem da África para a sua preparação com vista aos jogos olímpicos de Londres, Reino Unido, marcados para 2012, segundo Hélio Rito, do Clube Marítimo do Maputo e da Escola de Canoagem e Vela de Chidenguele, falando este domingo ao Correio da manhã.

Nesta edição dos jogos africanos, cujo início oficial está previsto para 3 de Setembro, no Maputo, Moçambique irá participar nos jogos de canoagem com 15 atletas da categoria de sénior e master, ficando de fora nas categorias de cadetes e júnior, por falta de qualificações, segundo ainda Rito, que estimou em cerca de 200 atletas africanos daquela modalidade oriundos de 15 países que já confirmaram a sua presença.

Angolanos na dianteira A selecção angolana de conoagem é a única daqueles 15 países que já se encontra em Chidenguele a realizar treinos de adaptação ao clima local, depois da moçambicana que treinou ao longo dos últimos 12 dias.

Rito lamentou, entretanto, o facto de Chidenguele não ter ainda montada a pista olímpica na Lagoa de Nhambavala que vai acolher a prova de canoagem, acrescentando que o facto deriva de “questões organizacionais e não para dificultar a preparação dos angolanos que já cá estão” para participar nas provas marcadas para os dias 7 a 11 de Setembro próximo.

Em jeito de conclusão, Hélio Rito mostrou-se satisfeito com os preparativos da zona turística de Chidenguele para provas de canoagem, realçando que elas irão impulsionar a prática daquela modalidade e desenvolver a Escola de Canoagem e Vela na região.

“Temos um projecto ambicioso de capacitar cerca de 100 atletas da categoria de cadetes rumo a uma selecção sólida para a qualificação para os jogos olímpicos de Londres”, disse, a terminar, Hélio Rito, do Clube Marítimo do Maputo e Escola de Canoagem e Vela de Chidenguele.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!