Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cesta básica pode não começar em Junho, segundo Aiuba Cuereneia

A implementação da cesta básica, inicialmente prevista para Junho próximo, poderá vir a sofrer adiamento caso as recomendações provenientes dos encontros que o Governo vem mantendo com os diversos actores da sociedade ditem isso, segundo admitiu ontem o ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia.

Segundo escreve o matutino Diário de Moçambique o Ministro admitiu este atraso após um encontro, em separado, que o Primeiro Ministro, Aires Ali, manteve esta quarta-feira com a Organização dos Trabalhadores de Moçambique – Central Sindical (OTM-CS) e a Confederação das Associações Económicas de Moçambique CTA) acerca do assunto, disse que o Executivo está a trabalhar no sentido de cumprir com as datas previamente estabelecidas. “As datas ainda são aquelas, mas dependendo do decurso das consultas, poderemos ver se alteramos”, referiu.

Segundo o Diário editado na Beira o Governante afirmou que existem diversas actividades ligadas a esta questão que estão atrasadas, tais como o concurso público para a selecção dos estabelecimentos comerciais a oferecerem os produtos, o qual devia ter sido lançado em Abril pelos 11 municípios elegíveis. Este atraso poderá inviabilizar a selecção dos estabelecimentos comerciais que deveria ocorrer até meados deste mês.

A cesta básica foi anunciada pelo Executivo moçambicano em Março último como uma das medidas visando reduzir o impacto do constante aumento de preços de produtos. Poderão ser beneficiários os trabalhadores que auferem salários iguais ou inferiores a 2.500 a residirem nas 11 capitais provinciais do país. O custo da cesta básica é de 824 meticais e compreende um conjunto de produtos alimentares, nomeadamente arroz, farinha de milho, óleo alimentar, peixe de segunda, feijão manteiga, açúcar e pão.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!