Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

CDN apreensiva com demora do troço ferroviário

Fernando Amado Couto, administrador e membro do Conselho de Administração Do Corredor de Desenvolvimento do Norte, CDN, manifesta-se preocupado com a morosidade que se verifica na conclusão da ligação ferroviária entre Malawi e Zâmbia, numa extensão de, apenas, 27 km, 22 dos quais se encontram já construídos.

Na sua opinião, a remoção deste impasse permitirá uma melhor viabilização ao corredor moçambicano. Acreditamos que a situação será resolvida ainda este ano porquanto decorrem já negociações nesse sentido com o governo malawiano, a quem compete custear o projecto.

Disse. Couto revelou, a propósito, que a carga do Malawi, manuseada através do CDN, conheceu um considerável crescimento, na ordem de 400 mil toneladas, volume que se estima venha a elevar/ se, este ano, para 500 mil toneladas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!