Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Caso de acusação de “racismo” já na procuradoria da república

O caso de manifestação de racismo no qual o jornalista do matutino “Notícias”, delegação da Beira, Rodrigues Tato Luís, aponta o proprietário da Churrasqueira Indic´s Balconny, Abdul Latifo, encontra-se, desde Terça-feira, na Procuradoria da República ao nível daquela cidade central.

Segundo o “Diário de Moçambique”, as declarações de racismo ocorreram cerca das 22 horas da Sexta-feira (6), quando este mostrava a um grupo de amigos uma caixa de camarão, tendo nesta altura sido solicitado para se retirar do restaurante.

Rodrigues Luís refere que na tentativa de obter explicações, a gerência o escorraçou, apelidando-o de “preto”.

Terça-feira (10), o referido jornalista revelou ter apresentado uma queixa na Procuradoria da República da cidade da Beira, contra Abdul Latifo, numa clara alusão de pretender responsabilizar os prevaricadores de cenas de racismo.

“Apresentei uma queixa contra o proprietário do Indic´s Balconny e espero que a justiça seja feita, pois o que passei foi uma humilhação perante muita gente” – disse Rodrigues Tato Luís, afirmando que o processo deu entrada, Terça-feira (10) e ostenta o número 254/PCB/2012.

“A minha intenção ao apresentar a queixa na procuradoria reside no facto de pretender que o proprietário deste restaurante pare de promover cenas de segregação racial, pois, para além de mim, outras pessoas podem ter passado pelas mesmas cenas e poderão passar” – disse Rodrigues Tato Luís, anotando que “tive que engolir sapos, pois caso contrário protagonizaria actos de violência”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!