Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Carvão de Moatize já não chega esta semana ao porto da Beira

Contrariamente a informações veiculadas recentemente, dando conta que esta semana os primeiros comboios, transportando carvão mineral extraído pela mineradora Vale do Rio Doce, em Moatize, poderiam chegar ao porto da Beira para serem exportadas a partir de Agosto deste ano, o director executivo dos Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM) centro, Cândido Jone, afirmou ao jornal Diário de Moçambique que os primeiros comboios já não chegam pelo menos esta semana.

Questionado sobre os porquês de não chegada dos comboios de carvão esta semana, Cândido Jone respondeu que “no momento oportuno, a chegada dos comboios será anunciada. Neste momento sentimos que existem pormenores que estão ainda a ser acertados”.

Na semana passada, a mesma fonte da Vale Moçambique que avançou com a possibilidade da chegada dos primeiros comboios esta semana, também elucidou ao ministro das obras públicas, Cadmiel Muthemba, que visitou o porto da Beira, que o terminal provisório de carvão mineral receberá por dia cerca de 14 mil toneladas do minério para ser embarcado em navios. Precisou que o sistema ferro-portuário da Beira está em condições de exportar este ano, a partir do cais-8, 1,2 milhão de toneladas do carvão mineral de Tete, previsto pela operadora mineira brasileira, esperando-se que alcance 11,1 milhões de toneladas em 2014.

Contudo alguns troços da linha férrea de Sena, que possui 673 quilómetros e conecta a vila carbonífera de Moatize ao Porto da Beira, ainda está em reabilitação dois anos depois do prazo previsto para estar reparada. Recorde-se que o consórcio indiano RICON havia sido contratado pelos CFM para reabilitar a Linha de Sena mas não conseguiu conclui-las dentro do prazo inicial, que era Setembro de 2009.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!