Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Candidato de partido no poder lidera resultados eleitorais na Tanzania

O candidato do partido no poder na Tanzania, CCM, John Pombe Magufuli, manteve terça-feira uma vantagem aparentemente imbatível, seguido pelo antigo primeiro-ministro, Edward Ngoyai Lowassa, do partido CHADEMA, nas eleições do passado domingo(25), numa competição de oito candidatos.

Os dois deixam longe atrás os seis restantes candidatos, alguns dos quais não obtiveram nenhum voto nalgumas circunscrições onde resultados do escrutínio foram confirmados e aceites pelos representantes de partidos respectivos.

A Comissão Eleitoral Nacional (CNE) divulga os resultados das eleições de domingo último, à medida que forem transmitidos das diferentes circunscrições do país, mas o seu presidente, Damina Lubuva, declarou várias vezes que a “CNE é o único organismo mandatado para anunciar os resultados das eleições presidenciais”.

Lubuva exortou os Tanzanianos a ficarem pacientes “até que anunciemos os resultados completos”, advertindo os operadores de imprensa social da difusão dos relatórios não oficiais sobre as eleições.

“A lei exige, a respeito dos resultados das presidenciais, que só a CNE seja autorizada a anunciar resultados quando os recebemos das circunscrições. Nalguns bairros, a CNE é acusada de ser partidária. Isto não é verdade”, desmentiu o responsável terça-feira em finais da primeira sessão de informação da Comissão.

“Quando recebemos os resultados, adicionamos todos os dados, não são em nenhuma maneira modificados pela CNE. O que fazemos é transparente”, afirmou.

A Comissão anunciou até agora os resultados das eleições presidenciais de 63 das 264 circunscrições do país. Paralelamente, o porta-voz do comité de campanha, CCM, January Makamba, declarou que o partido venceu 176 assentos parlamentares de circunscrições, recuperando 11 tomados por partidos da oposição nas eleições gerais de 2010.

“Os resultados das presidenciais anunciados pela CNE não são diferentes dos dados que constatámos em assentos parlamentares. Isto é uma indicação que vamos ganhar as eleições”, declarou Makamba a jornalistas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!