Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cana-sacarina: Formalizado início da execução do projecto

O projecto de produção e processamento da cana-de-açúcar no distrito do Guija, província meridional moçambicana de Gaza, já pode ‘andar’.

A formalização do início da execução deste empreendimento, avaliado em mais de 180 milhões de dólares norte-americanos, foi feita, semana finda, por investidores ligados à Companhia Açucareira de Moçambique, de capitais italianos, norte-americanos e ingleses.

Trata-se de uma área de 12 mil hectares, dos quais apenas disponíveis nesta fase 10 mil espalhados pelas regiões de Chicanhanine, Tomanine, Mubangwene, 7 de Abril, Chivongwene, e Javanhane. O administrador de Guijá, Zacarias Soto, disse que decorrem há sensivelmente pouco mais de um mês trabalhos de desmatamento em Nhatimale, na Localidade de 7 de Abril.

Segundo o “Noticias” desta Segunda-feira, sabe-se, por outro lado, que um viveiro de cana sacarina, com uma área de pouco mais de 50 hectares, está sendo preparado mesmo junto às proximidades do rio Limpopo.

De acordo ainda com fontes do jornal, o empreendimento irá incluir, igualmente, a construção de uma unidade de processamento daquela matéria-prima, um produto que para além de alimentar o mercado interno, irá constituir uma mais valia para as exportações.

Acredita-se que, na fase mais avançada de execução do referido projecto, serão criados cerca de quatro mil postos de emprego nos campos agrícolas e na fábrica de processamento de açúcar.

“A presença dos nossos investidores, cuja razão principal é a reafirmação, perante o governo e comunidades do Guijá, o comprometimento destes homens de negócios na materialização deste mega-projecto que, sem dúvidas, e à semelhança do que está a acontecer com outras iniciativas similares, nomeadamente o projecto de produção da banana, irá impulsionar o desenvolvimento do distrito”, disse Zacarias Soto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!