Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Camiões com mais de 22 toneladas interditos de circular na cidade de Maputo

A partir da terça-feira, os camiões de grande tonelagem estão interditos de circular nas artérias da cidade do Maputo no período entre as 6 e as 20 horas. Trata-se da implementação da postura municipal que deveria ter começado a vigorar a 1 de Fevereiro. A não publicação da norma a tempo no Boletim da República (BR) foi evocada como razão para o adiamento da entrada em vigor da medida.

A norma está publicada no BR do passado dia 9 para o conhecimento público e de lá para cá estavam a ser concluídos todos os pormenores relacionados com a sua implementação. “Este tempo serviu para deixar os camionistas familiarizar-se com a norma que se pretende que venha a melhorar a gestão do tráfego nas estradas da cidade capital”, afirmou o vereador.

Segundo João Matlombe, o município já se reuniu com a Federação Moçambicana dos Transportadores Rodoviários (FEMATRO) e com os utentes do Corredor de Desenvolvimento de Maputo para explicar sobre este novo procedimento.

A medida, que se aplica a viaturas com peso bruto superior a 22 toneladas, abre excepção para os camiões que pretendam entrar e sair do Porto de Maputo, devendo estes, para tal, obedecer a um roteiro já traçado.

Matlombe explicou ainda que os camiões que pretendam entrar ou sair do Porto deverão seguir o trajecto das avenidas OUA, Nações Unidas e depois pela 25 de Setembro, Guerra Popular até a Mártires de Inhaminga, onde se localiza uma das entradas das instalações portuárias. “Deverá ser este mesmo roteiro que os camiões devem seguir para abandonar este local e sair do perímetro municipal pelo menos até a Estrada Nacional número 1 (N 1)”, disse Matlombe, esclarecendo, de seguida, que a postura já não se aplica nas estradas nacionais, onde os camiões poderão continuar a circular a qualquer hora do dia.

Os automobilistas que forem surpreendidos a infringir esta norma incorrem a uma multa de dez mil meticais, cujo pagamento será de carácter imediato. Ainda segundo a nossa fonte, a aplicação desta medida faz parte das iniciativas municipais desenhadas para reduzir os problemas de congestionamento do trâfego rodoviário na cidade do Maputo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!