Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Caju vai render cerca de USD 80 milhões a partir de 2014

A comercialização da castanha de caju em Moçambique poderá atingir o volume de cerca de USD80 milhões a partir de 2014, mercê da instalação de uma fábrica de processamento daquele produto no país.

A fábrica deverá ser construída pela companhia moçambicana Sunshine Nut Company, num local ainda por identificar, segundo uma fonte da firma, salientando que o empreendimento deverá envolver 50 mil pequenos produtores de castanha de caju.

Aquela empresa comercializa castanha de caju adquirida junto de produtores de todo país desde Setembro de 2012, de acordo ainda com fonte da companhia, realçando que até finais de 2013 a Sunshine Nut Company prevê arrecadar cerca de USD20 milhões resultante da comercialização do produto.

Refira-se que Moçambique e quatro outros países africanos deverão beneficiar de um investimento de cerca de USD30 milhões, entre 2013 e 2015, para a revitalização da produção de castanha de caju no continente africano.

O montante será disponibilizado por parceiros externos do sector e a iniciativa deverá envolver cerca de 300 mil pequenos produtores de Moçambique, Gana, Burkina Faso, Costa de Marfim e Benin.

Esta informação foi apurada pelo Correio da manhã, esta quarta-feira, em Maputo, à margem de uma reunião de lançamento da Nova Aliança do grupo das oito maiores economias do mundo (G-8) para a Segurança Alimentar e Nutrição. O apoio do G-8 ao continente africano visa tirar 50 milhões de pessoas da situação de pobreza, nos próximos 10 anos.

A cerimónia foi dirigida pelo ministro da Agricultura, José Pacheco, que assegurou que “Moçambique está no caminho certo para reduzir a pobreza”, apontando o crescimento de investimento público e privado no sector agrário como factor que poderá contribuir para o aumento da segurança alimentar.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!