Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Caça a taxistas agita cidade de Nampula

Numa autêntica perseguição de que os operadores de táxi foram alvo, por parte de assaltantes à mão armada, a capital provincial de Nampula conheceu momentos de grande tensão entre 26 de Novembro a 2 de Dezembro. A Polícia da República de Moçambique (PRM) confirma a ocorrência de dois casos em menos de duas semanas no bairro de Murrapaniua, posto administrativo urbano de Napipine.

 

 

Helton Carlos Miguel, um rapaz de 15 anos e estudante do 2º ano do curso de Electricidade na Escola Industrial de Matundo, na província central de Tete, já a contas com a polícia, confessou ao Wamphula Fax ter liderado duas operações do género nesta cidade.

Revelou ter adquirido na vizinha província da Zambezia a pistola, devidamente municiada, com a qual ingressou no mundo do crime, na companhia de um comparsa, de 24 anos, identificado pelo nome de Arlindo do Rosário, desempregado e natural de Namialo, distrito de Meconta, em Nampula.

Algumas vítimas desses actos criminais, motoristas de táxi, disseram terem sido despojados dos seus bens, incluindo dinheiro.

E num período não muito distante, outro taxista foi barbaramente assassinado no posto administrativo de Namaita, por um grupo de meliantes, para além da polícia reportar outras situações de tentativa de assalto registadas de forma esporática.

Entretanto, Miguel Bartolomeu, do Departamento das Relações Públicas no Comando Provincial da PRM, disse que a corporação vai redobrar de esforços no sentido de restabelecer a ordem e tranquilidade públicas na cidade e provincia de Nampula, em geral.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!