Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cabo Verde não reconhece governo saído de golpe de Estado na Guiné-Bissau

Cabo Verde não reconhecerá o Governo da Guiné-Bissau que resultar da imposição, pela Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), de Serifo Nhamadjo como presidente da transição neste país.

Estas declarações foram feitas à imprense, Sábado, pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, à margem duma cerimónia de inauguração duma nova igreja na localidade de Milho Branco, no concelho de São Domingos.

O primeiro-ministro cabo-verdiano recordou que Cabo Verde tem por princípio não reconhecer e nem legitimar qualquer Governo resultante dum golpe de Estado, como é o caso actualmente na Guiné-Bissau.

Ele voltou a sublinhar a necessidade de a CEDEAO respeitar os seus próprios princípios e valores, nomeadamente “tolerância zero” em relação aos golpes de Estado.

Para José Maria Neves, é preciso também que haja uma articulação entre todas as instituições da comunidade internacional para a resolução da crise da Guiné-Bissau, resultante do golpe de Estado de 12 de Abril último.

O chefe do Governo cabo-verdiano recordou que a Organização das Nações Unidas (ONU), que já tomou uma posição muito clara de condenação a intentona, aconselha a articulação entre a União Africana (UA), a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e a CEDEAO.

Ele apela, ao mesmo tempo, a todos os intervenientes nesta crise para restituírem o poder às autoridades legitimamente constituídas na Guiné-Bissau.

“É nessa linha que Cabo Verde vai continuar a trabalhar, respeitando as Cartas das Nações Unidas e da UA, mas também os princípios e valores da CEDEAO, designadamente “a tolerância zero” em relação a golpes de Estado”, precisou José Maria Neves.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!