Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cabo Delgado: desinformação leva a destruição de 25 casas

Uma onda de desinformação sobre cólera, uma doença que assola a província nortenha de Cabo Delgado, em Moçambique, levou um grupo de populares a vandalizar o centro de saúde do distrito de Mecúfi e a destruição de 25 casas de líderes comunitários e secretários de bairros.

Falando no seu habitual “briefing” semanal com a imprensa, sobre a situação criminal no país, o porta-voz do Comando Geral de Polícia, Pedro Cossa, disse que já se encontram detidos 13 indivíduos em conexão com o caso.

Os manifestantes, que protagonizaram este acto, semana passada, roubaram e vandalizaram o posto de saúde local, acusando os líderes comunitários e secretários de bairros de serem os autores da propagação da cólera que assola aquela região do país.

Cossa também revelou que, durante as manifestações, alguns elementos do grupo invadiram, sem provocar danos materiais e humanos, o Gabinete do administrador local para exigirem a libertação dos seus colaboradores detidos pela polícia.

A província de cabo de Delgado tem sido palco deste tipo de manifestações e a última ocorreu em Janeiro do corrente ano, tendo culminado com a detenção de 17 jovens da aldeia de Nancaramu, distrito de Pemba-Metuge, indiciados de vandalizar 12 casas de responsáveis da aldeia.

Os jovens alegavam que os responsáveis pela aldeia possuíam medicamentos para disseminar doenças diarreicas e a cólera na região.

Além da vandalização das moradias, os jovens roubaram bens e dinheiro que encontraram no interior das casas vandalizadas, quando os seus donos se puseram em debandada.

Os actos de vandalização incluem abate indiscriminado de coqueiros, animais domésticos, entre outros actos próprios de malfeitores mal-intencionados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!