Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Button sai na pole position com Barrichello em 2º na Austrália

Button sai na pole position com Barrichello em 2º na Austrália

A Brawn-Mercedes confirmou os bons tempos marcados nos testes de pré-temporada e nos treinos livres e conseguiu fazer a primeira fila para o GP da Austrália na etapa que abre o Mundial-2009 da F-1, com o inglês Jenson Button na frente do brasileiro Rubens Barrichello.

Button superou Barrichello já no final do treino. O inglês marcou 1min26s202, contra 1min26s505 do recordista de GPs disputados na F-1, segundo colocado. Atual vice-campeão mundial, o brasileiro Felipe Massa não levou o seu Ferrari além do sétimo tempo, após marcar 1min27s033.

O seu companheiro, o finlandês Kimi Raikkonen, foi apenas o nono colocado (1min27s163).

O alemão Sebastian Vettel surpreendeu e colocou a Red Bull no terceiro lugar, fazendo 1min26s830, à frente da BMW Sauber do polonês Robert Kubica (1min26s914).

Williams e Toyota, que também contam com o polêmico difusor traseiro da Brawn, ficaram em quinto e sexto, respectivamente.

O alemão Nico Rosberg, que liderou todos os treinos livres em Melbourne, marcou 1min26s973, enquanto que seu compatriota Timo Glock fez 1min26s975.

O difusor traseiro, que gerou protesto das outras escuderias, aumenta a “downforce”, força que segura o carro no asfalto, melhorando assim a sua velocidade e performance geral.

Jarno Trulli (oitavo, com 1min27s127), da Toyota, e Mark Webber (1min27s246), da Red Bull, completaram os dez primeiros.

 

Eliminados

O atual campeão Lewis Hamilton, da McLaren, que quase foi eliminado na primeira parte após ficar em 15º, manteve essa posição, já que nem saiu para a segunda parte da sessão. O inglês marcou 1min26s454.

O seu companheiro, Heikki Kovalainen, não conseguiu um desempenho muito melhor: ficou uma posição à frente (1min25s726).

Outro que não teve chances de lutar pela pole position foi o bicampeão Fernando Alonso, da Renault. O espanhol marcou 1min25s605 na segunda parte e ficou em 12º.

 

Grelha de partida

1. Jenson Button (ING/Brawn-Mercedes) – 1min26s202

2. Rubens Barrichello (BRA/Brawn-Mercedes) – 1min26s505

3. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – 1min26s830

4. Robert Kubica (POL/BMW Sauber) – 1min26s914

5. Nico Rosberg (ALE/Williams-Toyota) – 1min26s973

6. Timo Glock (ALE/Toyota) – 1min26s975

7. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1min27s033

8. Jarno Trulli (ITA/Toyota) – 1min27s127

9. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) – 1min27s163

10. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – 1min27s246

Eliminados na segunda parte

11. Nick Heidfeld (ALE/BMW Sauber) – 1min25s504

12. Fernando Alonso (ESP/Renault) – 1min26s605

13. Kazuki Nakajima (JAP/Williams-Toyota) – 1min25s607

14. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren-Mercedes) – 1min25s726

15. Lewis Hamilton (ING/McLaren – Mercedes) – 1min26s454

Eliminados na primeira parte

16. Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari) -1min26s503

17. Nelsinho Piquet (BRA/Renault) – 1min26s598

18. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India-Mercedes) – 1min26s677

19. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – 1min26s742

20. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso-Ferrari) – 1min26s964

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!