Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Burladores nas malhas da polícia

Dois cidadãos, sendo um de nacionalidade senegalesa e outro congolesa, estão a contas com as autoridades policiais de Nampula, indiciados de burla a vários cidadãos, que se consubstanciava na alegada venda de produtos para a multiplicação da moeda nacional, o metical.

Segundo explicação do porta voz da PRM em Nampula, Inácio João Dina, não se trata de falsificação da moeda, pois o que aqueles faziam era vender um conjunto de produtos que, alegadamente, multiplicavam dinheiro. No lote de produtos (alguns dos quais químicos), contam-se o Omo, seringas, papel almaço recortado em formato de notas, entre outros. Eles faziam uma demonstração, através de certos truques, para convencer o cidadão que, com aqueles produtos, era possível multiplicar dinheiro em notas.

Depois vendiam aquele KIT de produtos por valores que variavam entre dez a quinze mil meticais e o cidadão chegava a casa, tentava reproduzir as notas e não conseguia nada, explicou o porta voz. Um dos burladores foi neutralizado na cidade de Nacala, enquanto que o outro na cidade de Nampula, no bairro de Namutequeliua, zona da 4ª esquadra, encontrando-se um terceiro ainda monte.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!