Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Brigadeiro Machava morre vítima de acidente de viação

Perdeu a vida na noite da última sexta-feira, vítima de acidente de viação, na Cidade da Beira, o Brigadeiro Moisés Lucas Machava, quadro sénior da Renamo em Sofala. O acidente ocorreu na zona da Cerâmica. Foi do tipo embate entre veículos.

Consta que o acidente terá sido provocado pela viatura em que seguia o Brigadeiro Machava, a qual foi se embater violentamente contra a parte traseira de um camião que na altura se encontrava estacionado. Consta ainda que o Brigadeiro Machava viajava na companhia de outros membros da Renamo, com destaque para o antigo Delegado Politico da Renamo na Cidade da Beira, Faque Fararia.

Na noite da passada sexta-feira as condições de vi-sibilidade sobretudo para a circulação rodoviária não eram recomendáveis, visto que estava escuro devido o céu que se apresentava coberto de nuvens que provocaram precipitação durante todo o fim-de-semana na Cidade da Beira.

Ainda não foram anunciados a data e o local do funeral, mas uma fonte da Renamo adiantou-nos ontem que o corpo do malogrado Brigadeiro Moisés Lucas Machava em princípio será sepultado na sua terra natal, nomeadamente no Distrito de Chibabava. Neste momento os restos mortais encontramse depositados na Morgue do Hospital Central da Beira. Até o dia da sua morte o Brigadeiro Machava aparentava gozar de bom estado de saúde; um homem de estatura física alta e com certa robustez.

O Brigadeiro Machava, refira-se, foi o único eleito pela Renamo para a Assembleia Provincial de Sofala. Foi igualmente membro da Assembleia Municipal da Beira. Ao nível do Partido Renamo integrou o Conselho Nacional da Defesa e Segurança.

O Brigadeiro Machava, o seu nome tornou-se mais mediatizado quando juntamente com o antigo Delegado Politico Provincial da Renamo em Sofala, Fernando Mbararano, foram vistos como os principais mentores do afastamento de Daviz Simango da Renamo, nas vésperas das últimas eleições autárquicas. Desde então passou a ser uma voz mais ousada ao nível da Renamo, particularmente em Sofala. Entretanto, o seu protagonismo político registou uma queda nos últimos meses.

Algumas correntes de opinião na Cidade da Beira alegaram que o Brigadeiro Machava teria sido oferecido uma viatura nova pelo Partido no Poder, supostamente para fazer calar a sua voz. Não se trata da mesma viatura com a qual acidentou, constando que a oferecida encontra-se em sua casa e em bom estado. O Brigadeiro Machava participou activamente no último conflito armado em Moçambique, liderando várias frentes de batalha pela Renamo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!