Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Angoche multiplica mudas de coqueiro

O distrito de Angoche em Nampula está, neste momento, empenhado na criação de condições locais para a multiplicação de mudas do coqueiro de variedade tolerante à doença do amarelecimento letal que devastou o parque daquela cultura de rendimento, afectando a renda de milhares de famílias que dependem da comercialização da copra.

Miguel Massunda, director dos serviços distritais de actividade económica em Angoche, referiu que já foi identificada uma parcela, cujas dimensões não revelou, destinada à multiplicação de mudas de coqueiro na região, facto que irá reduzir, sobremaneira, os custos da operação de seu transporte a partir da província vizinha da Zambézia.

O distrito de Angoche integra um projecto desenvolvido pelo Millenium Challenger Acount (MCA) para o combate ao amarelecimento letal do coqueiro, que prevê o plantio de cem mil mudas daquela cultura de rendimento. A meta de novos plantios em Angoche é de 80 mil a 100 mil mudas, com um prazo de quatro anos, de acordo com a nossa fonte.

No entanto, Miguel Massunda revelou que a doença do amarelecimento letal do coqueiro afecta, sobretudo, a variedade híbrida, tida, inicialmente, como sendo tolerante àquele fenómeno. E que as variedades de mudas que serão multiplicadas em Angoche são do coqueiro tradicional, ou seja, do gigante verde de Moçambique, segundo denominação resultante de estudos levados a cabo por agrónomos ligados ao estudo daquela cultura.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!