Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Boxe: Moçambique de malas aviadas para África do Sul

A selecção nacional de boxe, em ambos os sexos, está de malas aviadas para a África de Sul onde de 21 a 26 de Abril corrente vai participal no Campeonato Africano da modalidade, a nível da Zona Austral. A prova, que servirá de qualificação para os Jogos Africanos, será realizada na cidade de Pretória.

Nesta competição regional, Moçambique vai participar com cerca de 20 atletas, dos quais 16 do sexo masculinos e quatro femininos segundo dados facultados pela Federação Moçambicana de Boxe, FMBoxe.

O combinado nacional parte para este certame com objectivo de lutar pelo apuramento para os Jogos Africanos a serem realizados no Congo Brazzaville, visto que os primeiros três classificados de cada categoria apuram-se automaticamente para esta prova.

Segundo Benjamim Uamusse, presidente da FMBoxe, conhecido nos meandros desportivos por Big Bem, estão criadas todas as condições para que a selecção alcance o pódio no Campeonato Regional da Zona VI.

“Foram convocados os melhores atletas, por isso, estamos confiantes na obtenção de bons resultados que servirão de passaporte para os Jogos Africanos. Vamos para a África do Sul para lutar pela qualificação para Congo Brazzaville, creio que todas as condições estão criadas para alcançarmos os objectivos preconizados”.

Em Masculinos, Moçambique irá participar com 16 pugilistas nomeadamente: Hélio Castelo, Paulo Jorge, Francisco Máquina, Lourenço Cossa e Almeida Nduvane (Ferroviário de Maputo); Juliano Máquina, José Azarias, André Simão e José Baptista Matchedje); no Estrela Vermelha, actual campeão nacional, foram convocados Francisco Massitela, Valdo António, Augusto Mathule, Gento Máquina e Carlos Mandlate.

Da Irlanda do Norte foi chamado Bernardo Marrime, pugilista moçambicano radicado naquele país europeu.

Já em femininos, foram convocadas quatro atletas, por sinal todas da Academia Lucas Sinoia. Trata-se de Maria Manuel, Rady Gramane, Alcinda Panguana e Ângela José.

A comitiva moçambicana vai rumar à Pretoria no dia 19 do mês em curso e o regresso está previsto para oito dias depois.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!