Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bombeiros simulam combate ao incêndio

Os funcionários do Ministério da Mulher e Acção Social (MMAS) viveram, na manhã de quinta-feira, momentos de autêntica agitação e pânico, na sequência de uma simulação de combate ao incêndio feita pelo Corpo de Salvação Pública de Moçambique, sem aviso prévio.

O exercício, feito nas instalações daquele órgão central, na cidade de Maputo, consistiu essencialmente na colocação de fogo e consequente extinção, e, enquanto isso, se evacuavam os trabalhadores, em uma operação que durou cerca de 15 minutos.

Os funcionários, que não tiveram qualquer aviso prévio do exercício excepto aqueles que estiveram envolvidos no planeamento da operação, viveram momentos de choque e pavor, situação que forçou uma paralisação, temporária, das actividades do Ministério. Célia Buque, Directora Nacional da Mulher, disse, em contacto com a AIM, que as actividades voltaram ao curso normal, embora haja casos de trabalhadores (dos cerca de 200) que, devido ao enorme susto, vão levar mais tempo para se recompor.

Aliás, a magnitude da operação deixou grande parte dos vizinhos bem atordoados por pensarem que o novo edifício, inaugurado em Abril de 2009, estaria a arder. Segundo um dos membros da equipa de bombeiros que esteve na simulação de combate, mas que falou no anonimato, o exercício visava avaliar a prontidão dos “soldados da paz” em debelar o fogo em tempo útil em caso de incêndio real.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!