Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

BM ameaça penalizar bancos comerciais que não providenciarem divisas

O Banco de Moçambique (BM) ameaça tomar medidas punitivas contra os bancos comerciais que não disponibilizarem divisas aos agentes económicos para que melhorem a sua produção e produtividade e compitam com os seus homólogos dos países vizinhos.

“Nós vamos cobrar aos bancos comerciais que claudicarem no provimento dos recursos externos aos agentes económicos”, advertiu Ernesto Gove, governador do BM, convidando, entretanto, os agentes económicos a se aplicarem “afincadamente” no aumento da produção e produtividade “e não pensarem nas divisas resultantes das suas exportações, mas apenas no aumento da produção para competir com produtores, por exemplo, da batata da África do Sul”.

Gove convidou os mesmos agentes económicos a identificarem correctamente os constrangimentos que impedem a melhoria da produção e produtividade “e encontrarem alternativas para competir em pé de igualdade com os seus colegas da região”.

O governador do BM indicou, por outro lado, que os exportadores devem negociar com os bancos comerciais as melhores taxas de juro a praticar na troca de divisas com o Metical, enfatizando que “não há nenhum banco comercial que não aceitará negociar melhor taxa com o exportador que lhe trouxer dois milhões de dólares ou mais”.

Gove respondia, assim, às preocupações do empresário António Branco, antigo ministro da Indústria e Energia e ora operador na área agrícola, no Norte de Moçambique, relacionadas com dificuldades encontradas no repatriamento de capitais por investidores externos, situação apontada por ele como estando a amortecer o investimento privado externo no país.

O governador do banco central moçambicano explicou que aquela medida derivava do facto de os cerca de 800 milhões de dólares das exportações sem grandes projectos que o país realiza em média anual estarem cativos fora do país contra os cerca de dois biliões de dólares de importações.

“Perante esta situação nada podemos fazer senão envidarmos ainda mais esforços para garantir as importações”, situação que encarece os preços internos e agrava a inflação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!