Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Bayern de Munique é virtualmente campeão alemão

Bayern de Munique é virtualmente campeão alemão

O Bayern de Munique venceu o Bochum por 3 a 1 e, graças à derrota do Schalke 04 por 2 a 0 contra o Werder Bremen, tornou-se virtualmente campeão da Alemanha em futebol. O Bayern tem 67 pontos e o Schalke apenas 64. Ainda que o Bayern seja derrotado em sua última partida em Berlim, contra o rebaixado Hertha, e o Schalke vença o Mainz, a diferença de golos (+39 contra +22) é muito favorável ao líder, que está prestes a conquistar seu 22º título da Bundesliga.

O Bayern, treinado desde julho de 2009 pelo holandês Louis van Gaal, pode conquistar três títulos históricos de uma só vez: a Bundesliga, a Copa da Alemanha e a Liga dos Campeões. Eufórico, o holandês destacou após a vitória: “Somos campeões! Hoje jogamos muito bem, talvez nosso melhor futebol de toda a temporada durante 55 minutos. Conquistamos nosso objetivo. Agora, temos três semanas para nos prepararmos para a final da Liga dos Campeões (contra o Inter de Milão)”.

O clube com mais títulos da Alemanha enfrentará o Werder Bremen na final da Copa da Alemanha, no dia 15 de maio, e o Inter de Milão na final da Liga dos Campeões, no estádio Santiago Bernabéu no dia 22 de maio.

No Allianz Arena de Munique, Thomas Muller marcou três vezes, aos 18, 20 e 69 minutos, e o Bochum reagiu com apenas um golo, de Christian Fuchs aos 85 minutos. Em Gelsenkirchen, os responsáveis pela derrota do Schalke 04 foram o alemão de origem turca Mesut Ozil, aos 55 minutos, e o atacante português Hugo Almeida, aos 64.

Já o Hertha Berlim ocupa a última posição da tabela desde a sexta rodada, e o empate por 1 a 1 contra o Bayer Leverkusen (4º) o deixou matematicamente a quatro pontos do Bochum (18º) e, portanto, na segunda divisão. Já o Borussia Dortmund (5º) empatou também por 1 a 1 contra o Wolfsburgo, não conseguindo aproveitar o tropeço do Bayer Leverkusen.

O clube da capital foi o quarto na temporada passada e jogava na primeira divisão desde 1996, mas na última temporada perdeu alguns de seus melhores jogadores ofensivos, e o treinador suíço Lucien Favre foi demitido. Assim, Berlim será uma das raras capitais europeias que não contará com um time na primeira divisão de seu país. o Hertha Berlim será substituído pelo Kaiserslautern, que volta após quatro temporadas na segunda divisão. Além do Bochum, Nuremberg, que também tem 28 pontos, e Hannover (15º, com 30 pontos) também correm risco de rebaixamento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!