Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Banco Único arranca com actividades efectivas dia 1 de Setembro

O Banco Único, de Américo Amorim e do Grupo Visabeira, entre outros, abre formalmente os seus balcões na próxima terça-feira nas cidades do Maputo e da Matola, mas apenas deverá iniciar actividades efectivas a 1 de Setembro próximo. Com a entrada em actividade do Banco Único, este tornar-se-á no 16º a funcionar em Moçambique.

O Banco Único é controlado pelo empresário mais rico de Portugal, Américo Amorim, em parceria com a Visabeira, que assumem a maioria do capital, sendo o restante disperso por vários accionistas como o Instituto Nacional de Segurança Social de Moçambique e Rural Consult, entre outros. Américo Amorim é tido como possuindo uma fortuna avaliada em mais de 2,587 mil milhões de euros.

Dominado pelo Millenium bim, do Grupo BCP, o mercado moçambicano conta com uma forte presença portuguesa: para além do BCP (Millennium bim), estão presentes a CGD e o BPI, através do BCI, e o Banco Espírito Santo, que participa no capital do Moza Banco.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!