Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Aumento de casos de violação sexual preocupa a polícia

A Polícia da República de Moçambique (PRM) manifesta a sua preocupação com o aumento de casos de violação sexual, que, no primeiro trimestre do presente ano, atingiram 154.

O facto foi revelado à imprensa pelo porta-voz do Comando Geral da PRM, Pedro Cossa, que apontou as províncias de Maputo com 41 casos, cidade de Maputo com 26, Tete com 14, Nampula com 10 e Cabo Delgado com 9, como sendo as que registaram o maior número de casos.

O outro tipo de crime, que embora esteja a registar um decréscimo, preocupa sobremaneira as autoridades é o caso de homicídios voluntários perpetrado pelos filhos contra os pais e vive versa, cujos índices, durante o período em apreço, saldaram-se em 188 casos contra 210 registados em 2011.

“Durante o período em análise, segundo o porta-voz, foram registados 22 casos de estupro contra 42 de igual período do ano anterior”, revelou Cossa.

Os casos de suborno e a falsificação de documentos, segundo Cossa, registaram um incremento tendo aumentado, de 21, em 2011 para 36 casos no presente ano e de 23 para 37, respectivamente.

A prática criminal com recurso a armas proibidas registou um incremento tendo passado de 22 casos no primeiro trimestre de 2011 para 33 em igual período do presente ano.

Enquanto isso, durante o mesmo período, foram registados 655 casos de crime de ofensas corporais (destaque para casos de violência domestica) contra 727 registados e igual trimestre de 2012.

Dos casos de violência doméstica as províncias de Maputo com 182 casos, a cidade de Maputo com 152 e província de Gaza são as províncias que mais se destacaram na prática deste tipo de crime.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!