Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Aumento acesso a água potável em Nacala Porto

Cerca de 113 mil de um universo de 207.894 pessoas já têm acesso à água potável no distrito de Nacala-porto, segundo consta do relatório semestral do governo local em nosso poder. Segundo o administrador daquele distrito, António Pilale, foram construídas, no primeiro semestre, 923 novas fontes de água na zona urbana, para além da extensão da rede de abastecimento em oito quilómetros. Ao nível da zona rural, Pilale disse que a acção culminou com a reabilitação de seis fontenárias.

O distrito de Nacala-porto conta com dois postos administrativos, nomeadamente Mutiva e Muanona, comportando um total de 31 bairros, alguns dos quais localizados na área municipal, o que faz com que as comunidades partilhem dos mesmos serviços básicos. As autoridades locais estão convencidas de que o processo de reabilitação e ampliação da barragem, localizada a 35 quilómetros da cidade de Nacala, irá melhorar o nível de abastecimento de água àquela região. A zona de cimento, incluindo alguns bairros suburbanos que, ainda recentemente, se debatiam com sérios problemas de água, já esfregam as mãos de regozijo ante a perspectiva de ver ultrapassada a constrangedora situação.

O projecto de reabilitação da barragem está avaliado em 28 milhões de dólares americanos, num financiamento da Milleniun Challenge Account (MCA), um dos principais parceiros do governo, nesta área. Aliás, o administrador de Nacala- a- Velha, Daniel Chapo, disse que o seu executivo está a negociar com aquela instituição de origem americana para obtenção de uma verba adicional que irá permitir a expansão da rede de abastecimento de água para o seu distrito.

Apesar de se localizar na chamada Zona Económica Especial, Nacala-a- Velha continua a depender da vizinha cidade de Nacala-porto no fornecimento dos serviços básicos. E uma das maiores inquietações prende-se com a escassez de água potável para os cerca de 90 mil habitantes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!