Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Astrônomos descobrem o “senhor dos anéis” de Saturno

Astrônomos americanos descobriram em volta de Saturno o maior anel do sistema solar, invisível da Terra, graças ao telescópio espacial Spitzer, segundo trabalhos publicados nesta quarta-feira pela revista Nature.

O anel Phoebe tem um diâmetro de 214 km e supera por seu tamanho os maiores anéis conhecidos do sistema solar, que eram até agora os de Gossamer em torno de Júpiter e o anel E de Saturno, mas sua densidade é muito mais fraca.

A equipe dos astrônomos liderada por Anne Verbiscer, da Universidade de Virginia usou o Spitzer da Nasa para fazer uma observação completa do novo anel e seus arredores. “Trata-se de um ‘super-anel’. O essencial de seu material se expande por aproximadamente 12 milhões de quilômetros a partir de uma distância de 6 milhões de quilômetros do planeta Saturno”, destacou um comunicado do Jet Propulsion Laboratory da Nasa.

“Phoebe evolui dentro deste anel e constitui a fonte provável de seu material”, continuou o comunicado. Sua existência pode, além disso, explicar a aparência bicolor, preta e branca, de uma outra lua de Saturno, Iapetus. “Partículas do anel de tamanho inferior a alguns centímetros migram lentamente para o interior e muitos deles terminam na face visível e escura de Iapetus”, dizem os autores do estudo na Nature.

De acordo com outra teoria, a face visível de Iapetus, aquecida pelo Sol, teria ficado escura após a evaporação do gelo que continha. Dessa maneira, o lado escuro perdeu o gelo de sua superfície e ficou mais escuro, enquanto que o lado iluminado acumulou gelo e ficou mais claro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!