Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Arrasador, Arsenal vence City na abertura da temporada na Inglaterra

O Arsenal chegou a ficar nove anos sem conquistar um título até vencer a Taça de Inglaterra em Maio, e agora, três meses depois, adiciona mais um caneco à sala de troféus com a vitória arrasadora sobre o actual campeão inglês Manchester City por 3 x 0, em partida da Supertaça da Inglaterra neste domingo, no estádio da Wembley.

A equipe de Londres foi superior e mereceu a vitória neste que é um tradicional jogo de abertura da temporada inglesa, contando com os golos de Santi Cazorla, aos 21 minutos, Aaron Ramsey, aos 42, e Olivier Giroud, aos 15 da segunda etapa, num lindo remate de fora da área.

O City jogou desfalcado de sete jogadores que estiveram no Mundial, ao passo que o Arsenal não pôde contar com os três alemães campeões mundiais, Mesut Ozil, Per Mertesacker e Lukas Podolski.

Estreando três novos jogadores, entre eles o atacante chileno Alexis Sanchez, que custou 58 milhões de dólares ao clube, os Gunners foram mais afiados e chegaram com mais perigo a baliza do City, que por sua vez parece ter muito a melhorar antes do início do Campeonato Inglês na próxima semana.

O primeiro golo do Arsenal foi construído após belo toque de Jack Wilshere na entrada da área, que encontrou Cazorla entrando pelo flanco esquerdo, em condições de chutar, mesmo sem ângulo, para o fundo das redes do guarda-redes estreante Willy Caballero.

O Arsenal não perdeu a pegada e Yaya Sanogo, atacante francês de 21 anos que não marcou nenhum golo em 14 partidas na temporada passada, poderia ter ampliado o marcador quatro minutos depois, mas desperdiçou a oportunidade ao chutar por cima da baliza.

O clube londrino, mais objectivo e rápido que o City, chegou ao 2 a 0 três minutos antes do intervalo. Sanogo segurou o defesa do City Dedryck Boyata e a bola sobrou para Ramsey, que, com um toque, adiantou e fuzilou as redes de Caballero, marcando mais um golo decisivo na Wembley após o seu tento decisivo marcado na final da Taça da Inglaterra na última temporada.

O chileno Sanchez, vindo do Barcelona para dar maior força ao ataque do Arsenal, jogou aberto na direita e teve actuação apagada no primeiro tempo, mas mostrou alguns bons toques antes de ser substituído no intervalo.

O City ficou mais à vontade depois do intervalo, mas Giroud, eleito o melhor jogador da partida, fechou a vitória do Arsenal com um poderoso remate de fora da área, sem chances para Caballero. O clube de Manchester ainda ficou próximo do golo de honra com uma cabeçada de Stevan Jovetic na trave aos 7 minutos da segunda etapa, mas de forma geral não teve criatividade e objetividade para vencer o adversário, ainda mais sem jogadores como Vincent Kompany, Sergio Aguero e Pablo Zabaleta.

O dia ainda entrou para a história quando o árbitro Michael Oliver usou o spray para marcar a posição da barreira pela primeira vez num jogo na Inglaterra.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!