Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

AR adia apreciação da indicação “irregular” de Manuel Bissopo para deputado

A Comissão Permanente da Assembleia da República (AR) adiou para uma data a anunciar oportunamente, a apreciação e consequente pronunciamento do caso da indicação, pela Renamo, de Manuel Bissopo, para fechar o lugar deixado vago pela morte do deputado Fernando Mbararano, da bancada parlamentar da Renamo.

 

 

A Comissão Permanente tinha inicialmente marcado para a tarde de ontem o seu pronunciamento oficial mas, por razões que não conseguimos apurar, a sessão foi adiada para uma data a ser anunciada.Na verdade, a nomeação de Manuel Bissopo é considerada irregular e ilegal por violar o regimento da Assembleia da República e o estatuto do deputado.

Na verdade, estes dispositivos legais colocam como imperativo o respeito à ordem de precedência para efeitos de substituição de deputados. Assim, nos termos dos argumentos da lei, o lugar devia, em condições normais ser preenchido de forma automática por Rui Bulha, suplemente número 1 pelo círculo eleitoral de Sofala, o mesmo que elegeu Mbararano para deputado da AR.

Revoltado com a atitude dos dirigentes da Renamo, Rui Bulha decidiu desvincular-se da Renamo e na quinta-feira da semana passa da entregou ao Secretário Geral da Renamo, Ossufo Momad, o cartão de membro, a bandeira do partido e panfletos que estavam na sua posse.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!