Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Apenas dois sectores vão beneficiar da cesta básica tendo em conta os novos salário mínimos

Apenas dois sectores de actividades vão beneficiar do subsídio à cesta básica alimentar, cuja introdução está prevista para Junho, no âmbito das recentes medidas anunciadas para a contenção do custo de vida para as populações mais vulneráveis, residentes ao níveis das cidades e municípios do país.Tratam-se dos sectores de agricultura, pecuária, caça e sivicultura e, o sector de pescas, cujos salários mínimos, esta terça-feira aprovados pelo Conselho de Ministros não ultrapassam ros 2500 meticais estabelecidos pelo governo como tecto para acesso à cesta.

É que o actual critério de acesso à cesta básica refere que serão beneficiários todos os trabalhadores com salário mensal igual ou inferior a 2500 meticais. Entretanto, alguns funcionários da administração pública poderão também ser elegíveis á cesta básica, visto que o aumento foi apenas na ordem de 8 por cento.

Os salários mínimos por sectores de actividades estabelecidos para os subsectores da agricultura, pecuária, caca e sivicultura beneficiaram de um aumento salarial de 19.3 passando dos anteriores 1.681.40 MT para 2.005,00MT, e industria açucareira teve o aumento de salarial mínimo de 21.2%, o que lhe permitiu passar dos anteriores 1.712,00MT para 2.075,00MT.

O sector de pescas, de acordo com os consensos alcançados nas negociações sobre os salários mínimos, a pesca industrial e semi-industrial beneficiou de aumento de 12%, passando dos anteriores 2.200,00MT para 2.475,00 MT. A pesca de kapenta teve aumento de 10%, passando de 2.090,00 para 2.300,00MT.

Tal como o mediaFAX já vinha avançando nas últimas edições, o sector da indústria de extracção de minerais terá um aumento de 20.4 por cento (2400,00 para 2890,00 Mt), a indústria transformadora aumenta 24 por cento (2500,00 para 3100,00), a produção e distribuição de electricidade, gás e água subiu 21 por cento (2662,00 para 3222,00), o sector da construção apenas 15 por cento (2550,00 para 2779,00). Enquanto isso, o sector das actividades dos serviços não financeiros sobe 17.5 por cento (2550,00 para 2996,00), actividades financeiras terão mais 52 por cento (3500,00 para 5320,00).

A administração beneficiou de um aumento de apenas 8 %, devendo assim, alguns funcionários públicos continuarem a ser elegíveis à cesta básica. Neste sector o mínimo passa para 2380,00 Meticais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!