Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Aparatoso acidente em Anchilo mata nove pessoas e fere outras

Pelo menos seis pessoas encontraram a morte instantânea por volta das 19 horas deste domingo quando a viatura “minibus” em que seguiam, de marca Toyota Coaster, com a capacidade para 30 lugares, chocou contra um tractor estacionado na região de Anchilo, estrada Nampula-Nacala, distrito de Nampula província com o mesmo nome.

Outras três perderam a vida na manhã de segunda-feira no Hospital Central de Nampula, para onde foram evacuadas para cuidados médicos. Nove dos feridos graves, incluindo um agente da Polícia de Trânsito do posto de Anchilo, recebem tratamento.

O acidente que envolveu três veículos, um “minibus”, um turismo e o tractor, ocorreu quando o agente ora sob cuidados médicos, identificado por Estêvão, por sinal chefe da brigada do posto de Anchilo, ia orientar o tractorista para melhor estacionar, uma vez este o ter feito numa curva e sem a devida sinalização. Nesta ocasião chegava a viatura “minibus” ida de Pemba, Cabo Delgado, transportando passageiros, ao que tudo indica, membros da mesma família, que àquela cidade ter-se-iam deslocado para cerimónias. Chegado ao local, o condutor não conseguiu evitar o obstáculo, acabando por embater contra o atrelado do tractor, acontecendo o mesmo em relação ao turismo, no qual seguia um casal e respectivos filhos.

Raul Simões, chefe do departamento provincial da Polícia de Trânsito em Nampula, disse que o mau estacionamento e a não sinalização estiveram na origem do aparatoso acidente, que se verificou poucos dias após a semana de trânsito, que visava consciencializar os condutores quanto ao cumprimento das regras na via pública. O agente que estava orientar o estacionamento do tractor em local devido, acabou gravemente ferido, estando neste momento sob cuidados intensivos. “O tractor estava mal estacionado naquela curva junto a fábrica da Condor, na estrada Nampula-Nacala, e vendo que constituía um perigo à circulação rodoviária, eis que orientei para parar em outro local, acabando por causar tal acidente”, disse.

Entretanto, Luís Vasconcelos, presidente da Associação dos Transportadores Rodoviários de Nampula lamentou o sucedido e disse que este acidente vem provar que, apesar dos constantes apelos para a sinalização e cumprimento integral das normas de condução, os automobilistas ainda fazem ouvido de mercador. Para ele, muitas campanhas são promovidas, mas pouco ou quase nada se vê em termos de resposta, o que se devia caracterizar pela redução de acidentes de viação e consequente redução de sangue e luto provocado pelo próprio homem. Sustenta sua afirmação pelo facto de até no último dia da semana de segurança rodoviária, se terem registado na mesma região de Anchilo dois óbitos resultantes de um acidente de viação.

O presidente da ASTRA em Nampula é pela penalização severa dos infractores, por forma a que sirvam de exemplo e desencorajem atitudes iguais, porque o contrário continuaremos a ser presenteados por acidentes e mortes todos os dias nas estradas de Nampula.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!