Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Animais bravios continuam a semear luto na Zambézia

Pelo menos 28 pessoas morreram, em todo o ano de 2010, na província central da Zambézia, devido aos ataques dos animais bravios. Apesar do número de óbitos continuar alto, o mesmo significa uma redução já que, no ano de 2009, morreram, vítimas dos bravios, 32 pessoas.

Para mitigar o problema, as autoridades desta província abateram 142 animais considerados problemáticos, dos quais 96 crocodilos, nos distritos de Mopeia (64 animais), Chinde (29) e Maganja da Costa (3).

Em Mopeia, por exemplo, as populações queixaram-se ao Presidente da República que Sexta-feira visitou aquela região do pais, afirmando que sofrem da falta de água mesmo tendo o rio Zambeze ao lado, por temerem crocodilos.

Para além dos crocodilos, foram abatidos sete hipopótamos, 37 macacos e dois leões, tudo em defesa da vida das pessoas e seus bens. O abate de 2010 significa um aumento em mais de metade pois, em 2009, foram postos fora da acção 92 animais bravios.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!