Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Alunos abandonam aulas para participar nos ritos de iniciação

Um número considerável de alunos que se matricularam na Escola Primária Completa (EPC) de Mitava, localizada nos arredores da cidade de Lichinga, a capital da província nortenha do Niassa, abandonaram as aulas para serem submetidos aos ritos de iniciação.

O director daquele estabelecimento de ensino, Romano Amado, disse que, até ao presente momento, pelo menos seis alunos foram submetidos aos ritos de iniciação em plena época lectiva.

Citado pelo jornal “Diário de Moçambique”, Amado explicou que como estes outros tantos não aparecem à escola por alegadamente estarem a cuidar dos que foram submetidos aquelas cerimónias e outros pura e simplesmente ficam a brincar. Segundo a fonte, estes casos acontece com anuência dos pais.

“Tentamos persuadir os pais e encarregados da educação para realizarem essas cerimónias no período de férias, mas não estamos a conseguir. Até porque outros nos perguntam se com a ausência dos seus filhos os professores não terão os seus salários em dia”, explicou Romano.

Romano precisou que naquela escola, as crianças só vão às aulas até ao dia 1 de Junho, para celebrarem a sua data, depois desta data as salas ficam quase vazias, porque os alunos dedicam-se à prática de batota com recurso a cartas onde apostam com feijão.

“Experimente dar uma volta pelo bairro, vai encontrar meninas e meninos a praticarem esse jogo de azar sob olhar impávido dos seus progenitores”, disse Romano.

Outro factor que está por detrás das desistências tem a ver com o facto de os pais e encarregados de educação levarem seus filhos para as machambas durante a época de sementeiras, regressando a casa após as colheitas.

Segundo Romano, no primeiro semestre do presente ano, desistiram pelo menos 52 alunos, com destaque para os das classes iniciais até a 4ª classe.

No presente ano lectivo, a EPC de Mitava tinha matriculado 494 alunos da primeira a 7ª classe, 216 dos quais são do sexo feminino.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!