Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Alemanha goleia 4-0 Austrália

Alemanha goleia 4-0 Austrália

E ao terceiro dia do Campeonato do Mundo de futebol a primeira goleada. No lindíssimo estádio Moses Mabhida, em Durban, a Alemanha venceu a Austrália por 4 a 0. Mais jovem, mais ofensiva, mais íntima da bola a Mannshaft está renovada. Mesmo a Austrália não sendo uma grande oponente a equipa de Joachim Low mostrou que veio à Africa para conquistar o título que lhe foge desde 1990. Podolski e Klose, na primeira parte abriram o marcador, fechado por Müller e Cacau na etapa complementar.

 

Na sua terceira presença em Mundiais da fifa, a seleção da Oceania até começou melhor criou jogadas de perigo e ameaçou a baliza de Neuer, mas não conseguiu marcar. Jogando calmamente a Alemanha fazia o seu jogo calculista com rápidas mudanças de velocidade, desmarcações rápidas e passes milimétricos para os artistas da frente, Özil lança Müller, Müller cruzou atrasado para a área onde Podolski rematou sem hipóteses para Schwarzer, 1 a 0 para a Alemanha.

 

A Austrália dava réplica e criava oportunidades de golo, mas não marcava. E no futebol já se sabe quem não marca sofre. Lahm cruzou com precisão para Klose, que antecipou-se a Schwarzer, e desviou de cabeça para o segundo da Alemanha e o 11º da sua conta pessoal em Mundiais.

Com qualidade técnica em vez de força, criatividade no lugar da disciplina quadrada de outros tempos os tricampeões mundiais podiam ter ampliado a vantagem ainda na primeira parte, Özil recebeu livre dentro da área, deu um toquezinho por cima do guarda-redes, a bola encaminhou-se para a baliza mas, in extremis, Neill cortou para fora.

A segunda parte trouxe uma a Austrália atrevida e a pressionar antes do meio campo mas tudo foi por terra aos 11 minutos, quando o atacante Cahill fez falta sobre Schweinsteiger e viu o cartão vermelho direto.

O que era fácil ficou ainda mais simples com um homem a mais, aos 23 minutos, Müller avançou pelo meio, driblou o defesa e rematou rasteiro para fazer 3 a 0. Com o jogo ganho o técnico Joachim Löw aproveitou para estrear novos jogadores. Primeiro entrou o brasileiro naturalizado alemão, Cacau que aproveitando um passe de Özil fez balançar as redes australianas pela quarta vez. Depois Özil, um dos grandes destaques do jogo, deu o seu lugar a Mario Gómez que entrou para levar o jogo até o fim.

Os adeptos alemães que fizeram a festa em Durban nem terão reparado na ausência de Ballack!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!