Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Água contra o suicídio?

Pesquisa sugere que consumo de água com maior concentração de lítio pode impedir que as pessoas atentem contra a própria vida.

O lítio, mineral encontrado na natureza, é um componente importante de medicações para o tratamento de doenças psiquiátricas como a depressão.

Agora, um estudo que acaba de ser divulgado sugere que o consumo de água proveniente de solos com elevada concentração do mineral pode estar associado a taxas mais reduzidas de suicídio.

Publicado no prestigiado “The British Journal of Psychiatry”, o trabalho foi realizado por cientistas da Universidade de Viena, na Áustria. Eles analisaram 6.460 amostras de água colectadas em todos os 99 distritos do país.

Verificou-se que nas dez regiões com os níveis mais reduzidos do mineral, a taxa de suicídio era de 16 por 100 mil habitantes. Por outro lado, nas dez áreas nas quais a quantidade de lítio era maior, a taxa registada era de 11 por 100 mil habitantes.

O resultado – muito similar ao obtido em trabalhos anteriores, realizados nos Estados Unidos, Japão e Inglaterra – suscitou polémica. Alguns especialistas chegaram a defender a adição do mineral à água da população, nos mesmos moldes do que é feito com o flúor com o objectivo de proteger os dentes contra as cáries.

“Talvez devêssemos olhar para o campo da saúde dental. A adição do flúor reduziu o risco de cáries”, escreveu Allan Young, da University of British Columbia, do Canadá, no comentário que fez no “British Journal of Psychiatry”, sobre o artigo dos colegas austríacos. Porém, o próprio pesquisador em seguida coloca ponderações.

“Mas essa medida também levantou controvérsias: de bioquímicas e estéticas aos direitos dos indivíduos de exercer a sua liberdade de escolha.” Os responsáveis pelo trabalho, porém, rejeitam qualquer proposta nesse sentido.

“Claramente não sugerimos que o lítio seja adicionado à água a ser consumida pela população como uma maneira de prevenir o suicídio”, afirmou Nestor Kapusta, coordenador do estudo.

“Mas poderia ser benéfico beber a água das regiões com concentrações mais elevadas do mineral.”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!