Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Agentes prisionais alvejam mortalmente um recluso e ferem dois

Um recluso perdeu a vida e outros dois contraíram ferimentos na sequência de um tiroteio registado na tarde da passada Terça-feira quando cerca de 260 reclusos tentaram evadir-se da penitenciária industrial da província nortenha de Nampula.

O Director da Penitenciária Industrial de Nampula, Chico Kembo, é citado pelo diário “O Pais” a dizer que todo os 260 reclusos são condenados que frequentam aulas de alfabetização e educação de adultos.

Segundo Kembo, dois conseguiram fugir naquele momento em que o grupo regressava de mais uma jornada de aulas, ministradas em salas específicas daquela unidade prisional.

Quanto ao finado, a fonte referiu que era um cadastrado perigoso, condenado na província de Cabo Delgado por prática de vários crimes com recurso à arma de fogo e que teria tentado, por duas vezes, evadirse das celas da cadeia daquela província, também do Norte de Moçambique, daí que se decidiu pela sua transferência para a penitenciária de Nampula.

“Não era a nossa intenção balear mortalmente, mas estávamos sob pena de perder todos os 260 reclusos”, sublinhou Kembo. Kembo contou ainda que os dois que se puseram em fuga são cadastrados perigosos condenados pelo Tribunal Judicial da Zambézia, um por homicídio voluntário e outro por furtos com recurso à arma branca.

A fonte diz que, das investigações feitas, se concluiu que não houve conivência dos agentes correccionais, tendo se provado que a evasão teria sido supostamente orquestrada pelo recluso abatido.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!