Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Agente da PIC baleia mulher por ciúmes, na Machava

Um agente da Polícia de Investigação Criminal (PIC), cujo nome não foi identificado, é indiciado de ter baleado, na quarta-feira, uma mulher com mais de 35 anos, algures no bairro da Machava Socimol, província de Maputo.

Segundo João Machava, porta voz do comando provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Maputo, citado pelo jornal Diário de Moçambique,  o polícia terá disparado contra a cidadã por motivos de ciúmes ao vê-la com um homem. Entretanto, o agente em causa, que esteve detido numa das esquadras, na cidade da Matola, foi solto dois dias depois da sua prisão mediante o pagamento de caução.

Uma vez que se trata de um agente da PIC, pode responder pelo processo em liberdade. Por isso, foi solto, mas isso não significa que está tudo resolvido, pois ainda está-se a investigar o caso, esclareceu Machava.

O porta voz da PRM explicou que foi aberto um processo disciplinar contra o agente e entregue ao Tribunal Judicial de Maputo, decorrendo averiguações para se saber com mais detalhes o que está por detrás do baleamento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!