Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Administrador de Moma cessou funções

Daniel José Armando Ramos acaba de cessar a função de administrador do distrito de Moma, tendo, em seu lugar, sido indicado Araújo Momade, que durante cerca de cinco anos esteve em frente do executivo distrital de Lalaua.

O Secretário Permanente provincial em Nampula, António Máquina, que confirmou a destituição de Daniel Ramos das suas funções, disse que o mesmo será devolvido ao sector de Educação e Cultura.

A cerimónia de transmissão de poderes do antigo para o novo administrador de Moma está marcada para  quinta-feira as 10 horas, devendo seguir-se um encontro popular destinado, essencialmente, à apresentação de Araújo Momade.

De referir que João Nqueca, até então director da Escola Secundária de Namicopo, vai preencher o cargo de administrador do distrito de Lalaua.

Na última visita do Chefe do Estado, Armando Emílio Guebuza, à província de Nampula, em Maio do ano passado, a população do posto administrativo de Larde queixou-se da alegada falta de transparência na gestão dos Fundos de Desenvolvimento Distrital (FDD) por parte do administrador cessante.

Desde então, várias comissões de inquérito multi-sectoriais e do ministério da administração estatal escalaram o distrito de Moma, aparentemente a mando do Presidente da República que manifestava interesse em perceber melhor o que realmente teria passado, sobretudo com uma associação que alegava não ter recebido o valor que solicitara quando nos documentos constava o contrário.

As reacções a esta mudança de timoneiro em Moma não se fizeram esperar e o nosso jornal tem recebido manifestações de alegria e quando procuramos saber as razões, as nossas fontes disseram que o distrito estava desgovernado e que algo teria que ser feito para mudança do rumo.

Aliás, o Secretário Permanente provincial, António Máquina, disse, quando questionado sobre as razões da destituição de Daniel Ramos, que avaliamos que ele pode servir melhor noutro sector, acrescentando que o mesmo estava a exercer as funções de administrador em comissão de serviço.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!