Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acusados de feitiçaria: “Sant’ Egídio” repudia assassinato de anciãos

A Comunidade de Sant’ Egídio repudia o assassinato dos anciãos João e Percina Simbine, ocorrido no domingo passado, na Matola “H”, província de Maputo, Sul do país, acusados de feitiçaria.

Num comunicado, a Comunidade de Sant’Egídio classifica de chocante o assassinato dos dois irmãos, de 75 e 80 anos, respectivamente.

O assassinato daqueles dois anciãos foi perpetrado pelas suas sobrinhas que os acusavam de estar envolvidos, de forma obscura, na mortes dos seus progenitores.

Assim, a “Sant’Egídio” junta-se a outras vozes da sociedade civil moçambicana que repudiam o assassinato dos irmãos Simbine. No mesmo comunicado, a Comunidade de Sant’Egídio explica que “em Moçambique, como em muitos países africanos, nos últimos tempos, tem aumentado o número de idosos, apesar da esperança de vida estar abaixo dos 40 anos por causa da pandemia do HIV/SIDA.

Graças a melhores condições de vida, muitas pessoas atingem idades há algum tempo não esperadas”. De acordo com aquela organização não-governamental italiana, o facto de existirem pessoas que conseguem atingir os 60 anos ou mais, numa altura em que adolescentes e jovens morrem prematuramente devido ao SIDA, leva algumas pessoas a associarem o envelhecimento às práticas de feitiçaria.

Por essa razão, os idosos são vítimas da superstição ou das tradições locais alimentadas por algumas pessoas que chegam a acusá-los de roubar a vida aos mais jovens por via do obscurantismo.

“Foi o que aconteceu a João e a Percina, mais duas vítimas da ignorância e do não respeito pela vida humana”, sublinha o comunicado. A Comunidade de Sant’Egídio defende ser necessário e urgente a protecção dos idosos, bem como a adopção de medidas que tirem este grupo de pessoas do isolamento a que estão sujeitos na sociedade moçambicana.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!