Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação matam seis pessoas

Pelo menos seis pessoas morreram e outras 23 contraíram ferimentos, das quais nove em estado grave, vítimas de 23 acidentes de viação ocorridos semana passada, em Maputo, a capital moçambicana. Segundo o porta-voz da Polícia moçambicana (PRM) na cidade de Maputo, Orlando Mudumane, o excesso de velocidade e condução sob estado de embriagues, como as principais causas dos acidentes.

Mudumane falava, Sexgunda-feira, em Maputo, no habitual briefing a imprensa, sobre a situação operativa policial. Comparativamente ao igual período do ano passado, os acidentes de viação e suas consequências registaram um decréscimo. Em que quatro pessoas morreram e 11 contraíram ferimentos graves, vítimas de 17 acidentes de viação.

“Dos tipos de acidentes ocorridos durante a semana passada destacamos os do tipo atropelamento carro peão em número de 15, lamentou Mudumane, revelando, em seguida, a detenção de dois indivíduos por abandono de sinistrado e um por condução ilegal.

“Estes automobilistas atropelaram uma anciã de 56 anos e um menor de 12 anos, depois puseram em fuga, mas graças a diligências efectuadas pela PRM foram detidos os dois indivíduos”, disse.

Para Mudumane, o comportamento dos dois indivíduos, cuja identidade não revelou, é desumano por se tratar de vidas humanas. “Estes indivíduos encontram-se actualmente sob custódia policial aguardando para responder pelo seu comportamento excessivo”, revelou.

No período em análise, três automobilistas foram detidos por tentativa suborno da Polícia de Trânsito (PT), depois de violarem as regras de trânsito.

Segundo Mudumane, as autoridades policiais apreenderam 36 viaturas por infracção as diversas normas passou 1.510 avisos de multas, 57 dos quais a automobilistas encontrados a conduzir embriagados e os remanescentes por infracção ao código de estrada.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!