Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Acidentes de viação matam 30 pessoas em uma semana

Pelo menos 30 pessoas morreram, semana passada, em Moçambique , vítimas de 45 acidentes de viação que culminaram com o ferimento de 44 pessoas, das quais 28 em estado grave, revela um comunicado da Polícia moçambicana (PRM).

A cidade de Maputo, segundo a nota, registou maior índice de acidentes, com 16 casos, seguida pelas províncias Sofala, com seis, Maputo Província (cinco) e Zambézia, com quatro casos.

Entre as principais causas que culminaram com os acidentes de viação, a polícia aponta o excesso de velocidade, ultrapassagem irregular, corte de prioridade, mudança irregular e condução em estado ébrio.

Destacam-se entre os tipos de acidente, 26 atropelamentos, nove choques entre carros e três despistes e capotamento. As autoridades moçambicanas fiscalizaram no mesmo período 21.030 viaturas que resultaram em multas a 4.876 automobilistas por infracção ao código de estrada, apreensão de 88 veículos, 31 livretes e aplicaram multas a 58 condutores por dirigirem sob efeitos de álcool.

No mesmo período, a Polícia de Trânsito (PT) deteve seis automobilistas por condução ilegal. Foram ainda, na semana passada, detidos outros dois indivíduos indiciados de posse e venda de estupefacientes.

Ademais, as autoridades alfandegárias detiveram, em Cabo Delgado, uma viatura com a chapa de inscrição CGO 2769 AB22, contendo 66 kg de heroína. Em conexão com o caso foram detidos dois cidadãos da Guiné-Conacri.

No período em análise, foram detidos 151 indivíduos indiciados de diversos crimes, dos quais 78 contra a propriedade, 69 contra pessoas e quatro contra a Ordem, Segurança e Tranquilidade Públicas.

A PRM deteve os nacionais Elídio e Clementina, ambos de 21 anos, indiciados no crime de homicídio voluntário qualificado a um cidadão identificado com o simples nome de Feliciano, de 35 anos.

AIM

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!